Viagem

O que ver no Funchal

Vkontakte
Pinterest




Devo admitir que se a Madeira já chamou minha atenção antes de partir, a multidão de rotas de levadas e de excursões pela ilha Eles estão me enganando. Hoje, porém, é hora de focar na possibilidades o que ver no Funchal, sua capital, que estão longe de serem poucos, inclusive sendo um ponto de partida para uma observação muito particular.


No entanto, deixaremos para amanhã o que nos resta. Se você está procurando a experiência de teleférico, jardim botânico e carreiros na "cesta de vime", você a encontrará no próximo artigo.

O que ver no Funchal?

Como sempre, a melhor maneira de nos localizar é um pequeno resumo introdutório das possibilidades existentes no Funchal


Atrações culturais e históricas. Igrejas e conventos do século XV, Fortaleza de São Tiago, Rúa de Santa Maria, Catedral da Sé, Casco Histórico, Bairro de San Pedro ...
Mercados. Mercado de Lavradores, mercado de peixe.
Museus Madeira Story Centre, Casa Museu Freitas Fréderico, Casa Museu das Casas da Quinta das Cruzes, Museu da Eletricidade, Museu da Fotografia, Museu de Arte Contemporânea, Museu de Arte Sacra, Museu Municipal de Arte Sacra, Museu Municipal do Funchal e Aquário, Núcleo Museu da Cidade do Açúcar.
Adegas ou Adegas. Vinho velho Blandy Lodge.
Jardins. Jardim Botânico. Jardim do Almirante Reis.
Mt. Teleférico Carreteiros.
Parque de Santa Catarina. Ideal para ir com crianças.
Fábrica de bordados de Patricio & Gouveia.
Sobrevôo de helicóptero. Para os mais apaixonados.
Observação de baleias e da costa. Golfinhos, baleias e as falésias mais impressionantes, saindo do porto do Funchal.
Vida noturna Bares e discotecas que ficam abertos até as 4 da manhã e boates que abrem após as 4 da manhã até o amanhecer
Uma noite de véspera de Ano Novo? Dizem que o Funchal desfruta dos fogos de artifício mais espetaculares do mundo, embora isso não esteja provado por enquanto.

Entre hoje e amanhã, tentaremos desfrutar de alguns deles e ter uma visão, pelo menos parcial, das principais

Um passeio cultural pela cidade

É possível que a melhor maneira de conhecer uma cultura ou uma história seja sempre um museu. No Funchal, o nome deste (entre muitos outros que existem) é Museu Quinta das Cruzes, instalado na antiga residência dos Morgados das Cruzes.


 

Embora eu admita que, exceto os grandes museus reconhecidos internacionalmente, não sou um grande amante deles, uma coisa que me ficou clara nos 500 anos de evolução das ilhas é a grande influência das artes decorativas européias e orientais, especialmente britânicas durante o século XIX. S.XVIII e S.XIX


 

Além de objetos de grande valor (relógios, louças, móveis) e alguns relevos de madeira com mais de quatro séculos de vida, os mais notáveis ​​foram seus jardins e capela, além de sua grande caixa de música mecanizada que ainda funciona.

Saindo e descendo a rua eles passam por vários edifícios históricos, igrejas e conventos do século XV, a Catedral da Sé e uma avenida situada em um dia como hoje onde em uma de suas lanchonetes mais históricas, comeremos algo rápido, perto do Banco de Portugal, em cujo prédio de pedra vulcânica escura, a natureza da ilha é apreciada.


 

Se ontem falei com você sobre Ainara e Ignacio, e tudo o que aprendi com eles hoje em dia, hoje vou falar sobre um ótimo membro do grupo.Cris me parece uma daquelas pessoas que são chamadas de "coração que anda" pela paixão que coloca em tudo. Hoje em dia, aprendi muito mais sobre a situação que um jornalista está passando neste país (como muitas outras profissões), mas ainda estou surpreso com sua capacidade de "não parar", sempre ativo e escrevendo, sempre apontando todos os detalhes ou capturando aquela foto de informação que Nós não vemos os outros. Tenho certeza de que ele ama seu trabalho em todas as coisas ... e, embora minha perspectiva não possa entender o motivo de certas situações, tenho certeza de que não demorará muito para realizar muitos sonhos.


O que eu sinto falta! !! A hora !! Correndo para a Marina, de onde vem uma das nossas novas experiências na capital da Madeira ... Vamos procurar cetáceos!

Observação de golfinhos e baleias e perspectiva marinha

Não mais do que 13'45 deixamos o barco da nossa empresa Dois cetáceos quebrados em busca daqueles "animalejos" que já se tornaram tão habituais em nossas crônicas (você pode nos ver nadando com baleias em Tonga, com Golfinhos na piscina na Riviera Mayabem como diversas avistamentos de golfinhos em Wasini e em outro lugar)

OPÇÕES DE EMPRESAS QUE REALIZAM NAVEGAÇÕES E VISTAS:

Gire dois cetáceos: Marina Shopping-Infante, Funchal / Telefone: +351 918 828 242 / E-mail: protegido por email
Seaborn: Quiosque Nautisantos - Marina do Funchal / Telefone: +351 291 231 312 ou +351 919 916 221 / E-mail: protegido por email
Santa Maria de Colombo: Marina do Funchal / Telefones: +351 291 220 327 ou +351 291 225 695 / Email: protegido por email
Prazer no mar: Quiosque na Marina do Funchal / Telefone +351 291 224 900 ou +351 963 796 860 / E-mail: protegido por email
Pretty Da Madeira: Quiosque de Bonita, na Marina do Funchal / Telefone: +351 291 762 218 ou +351 919 183 829 / E-mail: protegido por email
Ventura Do Mar: Marina do Funchal / Telefone: +351 963 390 796/8 ou +351 291 280 033 / Email: protegido por email
Gavião Madeira: Marina do Funchal / Telefone: +351 291 241 124 ou +351 919 587 915 / Email: protegido por email

A história da Madeira, no entanto, começa com a terrível caça às baleias entre 1940 e 1980, embora hoje em dia, graças em parte a empresas como essa, tenha sido alcançada uma filosofia de conservação ambiental, que por sinal é linda nesta época do meio dia


 

Embora outros barcos façam esse tipo de passeio de catamarã ou de veleiro (até o navio pirata que Cris tanto gosta e parece ver em todos os lugares, haha), nós seguimos uma espécie de lancha e em apenas 45 minutos encontramos os primeiros golfinhos.


 

As águas de A costa da Madeira abriga vários tipos de golfinhos, baleias e outras espécies de cetáceos. De fato, eles nos dizem que ontem viram até cachalotes, embora não tenhamos o mesmo destino.

Quando lemos sobre a experiência, sabíamos que havia possibilidade de nadar com golfinhos. O que nunca imaginamos é o que estava por vir. Ignacio e Isaac se atrevem ao desafio e, seguindo as instruções dos instrutores, descemos lentamente encostados na lateral do barco. Nesse momento, ele começa a perseguir os golfinhos "comuns" e, por um momento, estamos quase mais preocupados em "sobreviver" e não soltar a corda e ser capaz de respirar, do que ver algo ao nosso redor.


 

Golfinhos, o que é chamado de golfinhos, mal os vemos ao nosso lado por alguns segundos em nosso segundo "mergulho" ... embora eu ache que a experiência teria vencido se tivéssemos desistido e soltado a corda. Ou não, Ignacio? haha


Aliás, quem pretende tirar fotos com o barco parado, não prejudicaria nenhuma biodramina antes da viagem. Certamente "alguns" sabem por que eu digo, hehe.


 

É preciso reconhecer que os golfinhos são um dos animais mais adoráveis ​​do planeta, aqueles com os quais você cuida só de vê-los. Estes são pequenos, mas existem várias espécies que vemos mais tarde.


!! Tryaaaaa superadaaaaaaaaa !! Apesar de não negarmos que talvez tenhamos tido um tempo melhor no retorno "pulando as ondas" (e saindo de costas) do que com a própria experiência


 

Um breve passo no hotel que nos abrigará esta noite, nos coloca na estrada novamente ... Paraditas? !!Para que!!

Tukxi, uma perspectiva diferente e ecológica da viagem ao Funchal

Você quer uma maneira divertida, ecológica e diferente de viajar pelo Funchal? Isso nunca teria me ocorrido! Tukxi.pt É uma empresa que dá uma reviravolta nas visitas tradicionais e oferece uma perspectiva inovadora com um Tuk Tuk de fazer City Tours de € 20 (máximo de 3 pessoas) por 30 minutos a € 50 (máximo de 3 pessoas) por 2 horas.


 

Faremos o Castello Tour de 45 minutos, que após uma breve passagem pelas ruas mais modernas, inicialmente nos aproxima das belas vistas da cidade. Fortaleza do Pico, uma cidadela que sofreu inúmeras alterações localizadas 111 metros acima do nível do mar.


 

Após esta parada, retornamos às ruas da Cidade Velha, deixando de lado a Museu de Cruzes visto de manhã, o convento de S.Clara, a Igreja de San Pedro, Av. Arriaga ou os Jardins Municipais.


 

Essa experiência única termina no Parque de Santa Catarina, onde há uma segunda parada e um bom lugar para respirar a auréola do pôr do sol antes de retornar ao ponto de partida.


Hotel The Vine, um hotel com alma, como um bom vinho

Com esse slogan promissor, o Boutique Hotel premiado com o "Melhor Design Hotel do Mundo"o Hotel The Vine (ARTIGO COMPLETO AQUI) Ele nos recebe entre sua sugestiva piscina panorâmica, seu design requintado e conceito revolucionário desde 2008. O que posso dizer? Alucinando enquanto passo por seus diferentes quartos


O quartos cuidam de todos os detalhes da decoração, escondendo surpresas em todos os cantos, escondendo os plugues, acendendo as luzes com nossos movimentos ou desfrutando de banheiras de hidromassagem ou chuveiros com cascata.


 

Embora possamos entrar em mais detalhes em artigos futuros, se a sala já nos deixar ofuscados, o que você reserva seu telhado não deixa ninguém indiferente. Uma pequena piscina e um jacuzzi, acompanhados por um bar, restaurante e redes, todos com vistas excepcionais do Funchal, deixam o resto à imaginação. Teremos que tentar, o que vocês dizem? (Alguns de nós reservam, mas Cris não perde o pôr do sol nesta primeira noite)


 

Doca Do Cavacas, um jantar de frente para o Atlântico

Quando viajo, ninguém trapaceia se reconheço que há dias que me surpreendem, pois podem dar tanto de si mesmos. Patenteado pelo Funchal, museus, observação de baleias, Tukxi, um hotel de design ... o que poderia completar esse dia? Doca Do Cavacas!


Na parte mais ocidental do Funchal e numa zona localização privilegiada ao pé do oceano, há um pequeno e pitoresco restaurante de frutos do mar, que nos traria uma das melhores refeições de todos esses dias. Caldeirada de peixe, camarão, todos os tipos de frutos do mar e o que mais triunfou !!


 

Devo admitir que hoje estou cansado ... bastante cansado. Eu acho que enquanto escrevo essas linhas ainda noto os laços da observação de golfinhos "aquáticos" do barco "kamikaze" (e vai durar vários dias, haha), mas há algo que ainda me fascina, e é o excelente grupo de pessoas que se juntaram a esta viagem, que se você combiná-la com um dia inteiro, nada pode falhar !! Amanhã mais? Claro que sim.


Isaac (e parte da equipe Minube), do Funchal - Madeira (Portugal)

Vídeo: PORTUGAL- Funchal, Não Foi o que Esperávamos! HistóriaVisitarMorar em 2019 (Fevereiro 2020).

Vkontakte
Pinterest